RÁDIO BPA

TV BPA

Ataque do Estado Islâmico deixa 11 mortos em mesquita xiita no Afeganistão

Em outra região, outras 11 pessoas também morreram após uma explosão. Grupo extremista, sunita, tem realizado atentados contra minoria xiita no país. Criança recebe atendimento após ser atingida por explosão em Kundz, no Afeganistão. Estado Islâmico, que é sunita, tem atacado minoria xiita do país
AFP
Um ataque do grupo extremista Estado Islâmico a uma mesquita no norte do Afeganistão deixou ao menos 11 pessoas mortas e outras 32 feridas nesta quinta-feira (15).
O grupo reivindicou autoria em uma explosão registrada pela polícia na mesquita xiita de Mazar-i-Sharif, capital da província de Balkh. Os extremistas realizaram dezenas de outros ataques pelo Afeganistão. Em Kunduz, houve também 11 mortos, de acordo com o governo local.
Há dois dias, um atatque a uma escola em Kabul matou seis pessoas.
O porta-voz do Talibã na região, Mohammad Asif Wazeri, confirmou o ataque à mesquita à agência de notícias Reuters.
Equipe médica transporta um jovem ferido para hospital, depois que três explosões abalaram escola em um bairro xiita de Cabul, no Afeganistão
Wakil Kohsar / AFP Photo
A comunidade xiita, minoria no Afeganistão, é alvo frequente de grupos sunitas, como o Estado Islâmico.
“Soldados do califado conseguiram colocar uma bolsa com explosivos dentro da mesquita e detonaram à distância, quando o local estava cheio”, afirmou o grupo extremista em um comunicado.
Veja também:
Explosão em mesquita xiita deixa cem mortos em Kunduz, no Afeganistão
Filhos afegãos reencontram pais no Brasil após seis meses de fuga do Talibãg1 > MundoRead More

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *