RÁDIO BPA

TV BPA

Dólar fecha em queda de 0,45%, mas renova máxima desde março

Na quarta-feira (27), a moeda norte-americana recuou 0,45% e fechou a R$ 4,9675. Notas de dólar
REUTERS/Dado Ruvic
Cédulas de dólar
Gary Cameron/Reuters
O dólar fechou em queda de 0,45%, cotado a R$ 4,9675, nesta quarta-feira (27), renovando maxima desde 18 de março.
Nesta sessão, os investidores monitoraram os impactos econômicos da guerra na Ucrânia e analisaram dados da inflação no país.
Na máxima da sessão, a divisa norte-americana chegou a R$ 5,0403. Veja mais cotações.
Com o resultado, a moeda passou a acumular alta de 4,38% no mês, mas mantém queda no ano, de 10,89%.
LEIA TAMBÉM:
Dólar comercial x turismo: qual a diferença e por que o turismo é mais caro?
O que faz o dólar subir ou cair em relação ao real?
Dólar: qual o melhor momento para comprar?
Dinheiro ou cartão? Qual a melhor forma de levar dólares em viagens?
Entenda o que faz o dólar subir ou descer

O que está mexendo com os mercados?
Os mercados globais seguem guiados nos últimos dias pelas preocupações com os impactos das restrições de combate ao coronavírus na China e pelas apostas de uma alta mais agressiva dos juros nos EUA em razão da disparada da inflação em todo o mundo.
Juros mais altos nos EUA elevam a atratividade de se investir na segura renda fixa norte-americana, o que tende a aumentar o ingresso de recursos na maior economia do mundo e, consequentemente, valorizar o dólar frente a outras moedas.
Por aqui, o IBGE divulgou que o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo 15 (IPCA-15) – considerado uma prévia da inflação oficial do país – ficou em 1,73% em abril, a maior taxa para o mês desde 1995, quando ficou em 1,95%. Com o resultado, a taxa bateu 12,03% em 12 meses.
“O repique do dólar, caso não seja interrompido, tenderá a aumentar a pressão para que o Copom estenda o ciclo de ajuste da taxa básica Selic para além de maio – ainda mais num contexto em que as expectativas de mercado para a inflação doméstica continuam a se deslocar para cima”, destacou em relatório a LCA Consultores.
Entenda a diferença entre o dólar turismo e o dólar comercial
00:00 / 16:09g1 > MundoRead More

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *