Espanha e Portugal incluem Ucrânia em candidatura para sediar a Copa de 2030

Federações dos três países anunciam inclusão da Ucrânia na candidatura, mas sem detalhes sobre se haverá jogos em solo ucraniano. Cartolas enaltecem medida como uma mensagem em prol da paz e da unidade europeia. Sede da Copa de 2030 será definida em 2024. Kiev já sediou finais da Eurocopa de 2012 e da Liga dos Campeões de 2018
Mike Egerton/PA Wire/emipics/picture-alliance
A Ucrânia aderiu à candidatura conjunta de Portugal e Espanha para sediar a Copa do Mundo de 2030. Os presidentes das três federações se reuniram na sede da Uefa, na cidade suíça de Nyon, e confirmaram nesta quarta-feira (05/10) a inclusão da Ucrânia na candidatura conjunta. A sede do Mundial de 2030 será definida em 2024.
A mudança recebeu o “apoio incondicional” da Uefa. Os presidentes das federações espanhola e portuguesa, Luis Rubiales e Fernando Gomes, defenderam a inclusão da Ucrânia na candidatura e argumentaram que a medida servirá como uma mensagem em prol da paz e como inspiração para o futuro.
“Estou convencido que toda a sociedade espanhola ficará orgulhosa do legado tão importante que essa candidatura deixa para a história. Cada um de nós representamos nossos países separadamente, mas juntos, representamos o poder de transformação que o futebol tem na sociedade”, disse Rubiales.
O presidente da federação da Espanha confirmou que foi feita consulta prévia a instituições do país, entre elas o governo e a Casa Real, após diálogo com a Uefa.
“Todos mostraram total interesse em apoiar essa candidatura. Qualquer governo, e os cidadãos de todo o mundo farão sua essa candidatura. A nossa não é mais uma candidatura ibérica, é uma candidatura europeia.”
Desde 24 de fevereiro a Ucrânia se encontra em guerra, após a invasão por tropas enviadas pela Rússia.
Sem detalhes sobre jogos na Ucrânia
De acordo com Rubiales, a sede institucional do projeto seguirá sendo Madri, enquanto a sede administrativa permanecerá sendo Lisboa. “Agora, a federação ucraniana trabalhará conosco. Estamos num momento muito inicial. Os detalhes técnicos serão conhecidos nos próximos meses.”
Não foram dados detalhes sobre quantos jogos do Copa do Mundo de 2030, com 48 seleções, seriam disputadas em solo ucraniano, nem em quais cidades. O Estádio Olímpico de Kiev sediou as finais da Eurocopa de 2012 e da Liga dos Campeões de 2018.
Por ora, o projeto se mantém inalterado, com Espanha com 11 sedes e Portugal seguindo com três.
A candidatura conjunta de Portugal, Espanha e Ucrânia concorrerá para sediar o Mundial de 2030 com outras duas candidaturas multinacionais: uma une Egito, Grécia e Arábia Saudita, e outra alia os sul-americanos Uruguai, Argentina, Paraguai e Chile. O anúncio só será feito em 2024.
A Copa do Mundo de 2026 será a segunda com sedes compartilhadas, nos Estados Unidos, no México e Canadá. O primeiro mundial com organização conjunta foi o de 2002, no Japão e na Coreia do Sul, que culminou no pentacampeonato da seleção brasileira.g1 > MundoRead More

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.