Três pessoas morrem após homem entrar atirando em loja nos EUA

Autoridades acreditam que situação foi aleatória, pois não havia conflito entre envolvidos. O chefe da polícia local, Matt Murray, dá declaração à imprensa
Reprodução Facebook/Yakima Police Department
Nesta terça-feira (24), três pessoas morreram após um homem chegar atirando em uma loja de conveniência na cidade de Yakima, em Washington, nos Estados Unidos. O suspeito, identificado como Jarid Haddock, 21, também morreu.
Segundo o chefe da polícia local, Matt Murray, duas vítimas foram baleadas dentro da loja e uma terceira foi atingida do lado de fora.
“Parece ser uma situação aleatória. Não houve conflito aparente entre as partes. O homem simplesmente entrou e começou a atirar”, disse Murray.
Após abrir fogo na loja, o suspeito atravessou a rua correndo e atirou contra um veículo, obrigando o motorista a se deslocar para o banco do passageiro. Segundo a polícia, o suspeito roubou o carro e fugiu.
O suspeito se dirigiu a uma loja e pegou emprestado o telefone de uma mulher para ligar para a mãe.
A testemunha ouviu a conversa, que incluía declarações incriminatórias como “eu matei aquelas pessoas”, bem como as ameaças do homem de se matar, segundo Murray. Depois de recuperar o telefone, a mulher ligou para o 911 para relatar o paradeiro de Haddock.
“Eu ouvi aquela ligação – é muito angustiante. Eu realmente tenho que agradecê-la novamente porque ela foi muito corajosa em nos levar até lá”, disse Murray.
Após uma busca de horas, um parente de Haddock chamou as autoridades para um local atrás dos armazéns onde ele estava escondido. Tiros foram ouvidos enquanto a polícia se aproximava e um homem que se identificou como Haddock foi encontrado ferido.
Nenhum policial foi ferido ou usou qualquer força, explicou Murray. Por isso, as autoridades acreditam que o suspeito atirou e se matou. Haddock morreu devido aos ferimentos no local.g1 > MundoRead More

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *